Participantes > Apresentadores > Submissão de GABRIEL ANTONIO CASTELLANI

Submissão de GABRIEL ANTONIO CASTELLANI

1ª Submissão

Valorização da Cinza do Bagaço da Cana-de-Açúcar para a produção de misturas cimentícias

Gabriel Antonio Castellani; Paulo Victor Campos Guimarães ; João Victor Fazzan

É notória a vigente expansão dos canaviais no cenário nacional, o que faz do país o maior produtor mundial de cana-de-açúcar, açúcar e álcool etílico, que objetiva oferecer um combustível alternativo para o aumento da demanda de automóveis com motores bicombustíveis. Durante a produção de álcool combustível, é gerada uma grande quantidade de bagaço, que, hoje, tem grande importância energética. Por meio de sua queima, este material gera o resíduo classificado como a cinza de bagaço de cana-de-açúcar (CBC), que, muitas vezes, é descartada de maneira imprópria no meio ambiente. Neste sentido, pelo fato da CBC ser constituída predominantemente de dióxido de silício (SiO2) de caráter silicoso e silico-aluminoso, apresenta-se como potencial pozolana, ou seja, matéria-prima alternativa para a produção de argamassas e concretos, em substituição parcial ao cimento Portland. Neste sentido, este trabalho tem por objetivo explorar a valorização da cinza do bagaço de cana-de-açúcar como material pozolânico para concretos. Busca-se, em acréscimo, avaliar o processo de produção do material alternativo e sua caracterização. Por meio dos estudos de dosagem das misturas, pretende-se otimizar o teor de substituição de CBC em relação ao consumo de Cimento Portland em matrizes cimentícias, de forma a se obter as melhores propriedades mecânicas. Os resultados mostraram que a cinza do bagaço de cana-de-açúcar tem grande potencial para ser utilizada como pozolana em misturas cimentícias, evidenciando os efeitos similares nas propriedades mecânicas e ganho nas propriedades de durabilidade, em relação às misturas sem adição de cinza.

Acessos no Site
1609009
© 2003 Associação Amigos da Natureza da Alta Paulista - Todos os direitos reservados